Poloniex diz que identidade do hacker foi confirmada e oferece recompensa de US$ 10 milhões por devolução dos ativos roubados

7 months ago 188

Um membro da comunidade questionou por que a Poloniex precisava enviar uma mensagem on-chain em 15 idiomas diferentes se a identidade do hacker estava realmente confirmada.

Poloniex diz que identidade do hacker foi confirmada e oferece recompensa de US$ 10 milhões por devolução dos ativos roubados

A exchange de criptomoedas Poloniex enviou publicamente uma mensagem para o hacker responsável pelo roubo de mais de US$ 100 milhões em ativos digitais de uma de suas carteiras, dizendo que identificou o criminoso e está lhe dando a chance de devolver os ativos em troca de uma recompensa de US$ 10 milhões. 

Uma mensagem on-chain compartilhada pela empresa de segurança de blockchain PeckShield nas redes sociais mostra a mensagem que a Poloniex envioun para o hacker. De acordo com a exchange, a identidade do hacker já foi confirmada. A exchange destacou ainda que está trabalhando com várias agências de aplicação da lei dos Estados Unidos, Rússia e China para recuperar os fundos roubados.

Além disso, a Poloniex mencionou que os fundos roubados já foram identificados e não podem ser usados. Embora tenha confirmado a identidade do criminoso, a exchange deu ao hacker a chance de devolver os fundos até 25 de novembro e receber uma recompensa de US$ 10 milhões. Entretanto, se os fundos não forem devolvidos, as forças policiais tomarão providências contra o criminoso.

Mensagem on-chain da Poloniex para o hacker. Fonte: PeckShield

Embora a mensagem afirme que o hacker já fora identificado, alguns membros da comunidade cripto não se mostraram totalmente convencidos. Em uma publicação no X (antigo Twitter), um membro da comunidade disse que a exchange não precisaria envolver as forças policiais de três países diferentes e enviar a mesma mensagem em 15 idiomas diferentes se o hacker já estivesse identificado.

O ataque ocorreu no início de novembro, quando uma carteira de criptomoedas pertencente à Poloniex registrou saídas suspeitas. Em 10 de novembro, várias empresas de segurança de blockchain apontaram que mais de US$ 100 milhões foram drenados da carteira da exchange

Em resposta ao ataque, a Poloniex desativou a carteira para manutenção. Além disso, a exchange também ofereceu uma recompensa de 5% do total roubado pela devolução dos ativos. Em 15 de novembro, a exchange reabriu os saques para os clientes depois de contar com a ajuda de uma empresa de auditoria para melhorar os recursos de segurança de sua plataforma.

LEIA MAIS

Read Entire Article